Curiosidades

Tudo sobre a salamandra

Nem lagarto, nem lagartixa

Só parece...
Não se engane! A salamandra não é um réptil, mas um anfíbio – bichos que, ao nascer, são larvas e em que a temperatura do sangue varia conforme a do ambiente. Acredita-se que elas estejam entre os moradores mais antigos do planeta: fósseis de salamandras, com 165 milhões de anos, foram encontrados na China e na Mongólia.

Em todos os lugares
Há três tipos de salamandras: as terrestres (vivem em florestas), as aquáticas (habitam rios e lagos) e as semiaquáticas (nascem em rios ou lagos, passam parte da vida na terra e voltam à água para colocar ovos).

De todo tipo
Existem 620 espécies de salamandras e apenas cinco vivem no Brasil – todas na Amazônia. A maioria das espécies tem o tamanho de uma lagartixa, mas existe uma gigantesca! É a salamandra gigante da china, que chega a 1,80 metro de comprimento.
Nome científico da salamandra gigante da china: Andrias davidianus

Cheiro de... salamandra!
Para atrair os machos na época da reprodução, as fêmeas soltam um cheiro especial. Depois do namoro, elas colocam entre 18 e 30 ovos. As aquáticas e semiaquáticas põem os ovos em rios ou em lagos, enquanto as terrestres costumam depositá-los em lugares úmidos na floresta, como debaixo de troncos podres.

Filhotes diferentes
Depois que saem dos ovos, as salamandras iniciam uma transformação, a metamorfose: passam por um estágio larval, ganham patas e cauda e, quando chegam aos 15 centímetros, migram para terra – menos as aquáticas, que passam toda a vida na água.

Fique bem longe!
As cores vibrantes servem como alerta de perigo para os predadores, pois salamandras possuem glândulas que liberam veneno! Elas ficam espalhadas pela pele e, numa situação de perigo, soltam a salamandrina, um líquido leitoso e tóxico. Se um bicho pequeno, como um lagarto, entrar em contato com grande quantidade da substância, ele pode morrer! 

Ela se regenera!
É isso mesmo: salamandras são capazes de reconstruírem rabo, pernas e até os olhos! Se perdem algum desses membros, uma camada de células cobre a ferida que se formou. Depois, uma massa com outras células se desenvolve e forma o tecido que reconstituirá o local. Tudo em algumas semanas!

Será um Pokémon?
A salamandra mexicana é a espécie mais curiosa! Afinal, não dá para ter certeza se ela saiu de um desenho animado ou se veio de outro planeta! Essa salamandra é aquática e não passa por metamorfose - já nasce com patas, cauda e aspecto de uma salamandra adulta! 

Ficha da salamandra:
Tamanho: entre 1 centímetro e 1,80 metro
Peso: de 20 gramas A 25 quilos
Tempo de vida: até 55 anos
O que come: insetos, aranhas e invertebrados
Onde vive: nos Estados Unidos, Japão, China, Brasil, em países da Europa e no norte da África

20/03/2017 - 07:00

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui