Curiosidades

Por que rir faz bem?

Abra um sorriso!

Durante uma gargalhada, liberamos hormônios do bem-estar (serotonina, dopamina e ocitocina). Isso diminui o estresse e aumenta a circulação do sangue pelo corpo, facilitando o transporte das células pelo sistema de defesa do nosso organismo. Assim, a imunidade fica reforçada pela risada. Ou seja, rir faz muito bem!

Cada pessoa emite um barulho diferente quando acha graça de algo. Mas o ruído sempre surge da contração do abdômen, que acontece durante uma risada. Aí, a respiração acontece de um jeito que não é o normal, provocando o som da gargalhada.

Sem vergonha!
É normal ficarmos com as bochechas avermelhadas quando damos muita risada. Os hormônios que liberamos nesse momento dilatam os vasos sanguíneos e aumentam a circulação do sangue – é aí que surge a cor especial no rosto.

Engasgou?
Provavelmente você já começou a tossir no meio de uma gargalhada. Quando estamos rindo, não engolimos a saliva, mas ela continua sendo produzida. Até que, em certo momento, o líquido precisa descer para o esôfago.

Como não estamos engolindo para empurrar a saliva e o ar continua saindo dos pulmões (o canal da laringe – órgão que atua na respiração – está aberto), ela desce para a laringe, e não para o esôfago, e engasgamos!

Rir até chorar!
Quando estamos dando risada, ativamos uma área do cérebro chamada amídala cerebral – principal responsável pelo controle da emoção. Ela estimula as sensações do corpo, como o choro! E acabamos chorando de tanto rir...


CONSULTORIA: TIAGO LUPOLI (PSICÓLOGO DA APAE DE DIADEMA), ANA CRISTINA MENDES (FISIOLOGISTA E PROFESSORA DO CURSO DE PSICOLOGIA DA PUC MINAS), EDSON SHIGUEMI HIRATA (MÉDICO PSIQUIATRA DO HOSPITAL SANTA CRUZ DE SÃO PAULO) e DORA MARIA GRASSI KASSISSE (DOUTORA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PELA USP).



30/07/2017 - 10:30

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui