Curiosidades

O que veio primeiro: ovo ou galinha?

A gente tem a resposta!

O ovo veio primeiro do que a galinha! O grupo das aves só surgiu no planeta há aproximadamente 150 milhões de anos. Já os animais que botam ovos, como os dinossauros, apareceram há mais de 300 milhões de anos.

Os cientistas sabem, devido à Teoria da Evolução desenvolvida por Charles Darwin (1809–1882), que os animais mudam com o tempo por meio de mutações. Isso faz com que os filhotes fiquem cada vez mais distintos dos pais. Nesse processo, ao longo de milhões de anos, as linhagens vão dando origem a espécies diferentes. Foi assim que surgiu a galinha!

Mas você sabe tudo o que acontece para que um pintinho nasça de um ovo? Hora de descobrir!

1) Quando chega o período da reprodução, a galinha escolhe um galo para procriar. Os dois namoram e ela recebe os espermatozoides (células reprodutoras do macho), que fecundam o óvulo (célula reprodutora da fêmea).

2) Depois de ser fecundado pelo espermatozoide, o óvulo (que se formou no ovário – parte do aparelho reprodutor da galinha) cheio de vitelo (ou gema) começa a descer pelo oviduto (canal de passagem), onde recebe camadas de proteínas, como a albumina, que formam a clara. Em seguida, surge uma membrana mais rígida e o cálcio também entra em ação, criando a casca.

3) Terminado esse processo, a galinha bota os ovos. Um ovo é posto a cada 24 horas!

4) O próximo passo é bem importante: a choca, período de aquecimento dos ovos, que dura 21 dias. Nesse tempo, o filhote permanece dentro do ovo e o calor produzido pelo corpo da galinha leva ao desenvolvimento dos futuros pintinhos.

5) Dentro do ovo, o pintinho vai se formando! Lá, existem vasos que ligam o embrião à gema e à clara (ricas em gordura e proteínas), substâncias das quais ele se alimenta.

6) O crescimento do filhote é rápido: no quarto dia, o coração já bate; no sexto, o bico começa a ser formado; no oitavo, surgem penas; no nono, ele já tem a aparência de um pintinho.

7) Quando a choca termina, o pintinho quebra a casca com o bico. Ele já nasce querendo interagir com a mãe e com os irmãos – e começa a comer ração. Se não houver interferência, os filhotes e a mãe ficam juntos por cerca de três meses.

Visual especial
O formato oval do ovo é importante para que ele saia do corpo da galinha, além de orientar o filhote na hora do nascimento – o pintinho quebra a ponta mais larga para atingir um bolsão de ar e respirar antes de sair.

Cadê ele?
Nem todo ovo gera um pintinho. A ausência do filhote pode acontecer por dois motivos: o óvulo que formou o ovo não foi fecundado pelo macho (é o mais provável) ou o embrião morreu dentro do ovo (por um trauma ou por problemas com a temperatura durante a choca).  

Gêmeos?
Sim, podem nascer dois pintinhos gêmeos de um ovo! Mas esse fenômeno é raro porque o espaço dentro do ovo é pequeno e acaba faltando alimento para dois filhotes.


CONSULTORIA: 
BRUNO GONÇALVES AUGUSTA (PESQUISADOR DO LABORATÓRIO DE PALEONTOLOGIA DO MUSEU DE ZOOLOGIA DA USP), GUILHERME R. ROCHA BRITO) PESQUISADOR ASSOCIADO DO MN/UFRJ E PROFESSOR SUBSTITUTO DO IB/UFRJ), JONAS BYK (ESPECIALISTA NO COMPORTAMENTO ANIMAL E PROFESSOR DE ZOOLOGIA DA UEG) E MARCELO A. VILLEGAS VALLEJOS (ESPECIALISTA EM AVES BRASILEIRAS).


08/07/2017 - 12:30

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui