Curiosidades

Como as capivaras vivem na poluição?

De que jeito elas aguentam?

É comum ver capivaras em ambientes urbanos, como nas margens do rio Pinheiros, na cidade de São Paulo, ou nas ruas de Campo Grande (Mato Grosso do Sul). Por ser alimentarem de muitos tipos de plantas e terem grande capacidade reprodutiva, o ambiente das cidades não atrapalha a sobrevivência desses animais.

Mas esses animais só moram nas margens de rios urbanos, que podem estar poluídos, se as plantas de que eles se alimentam (e de onde também retiram água) também sobreviverem ali.  

Fique esperto: capivaras são animais silvestres e podem se assustar com a aproximação do ser humano. Melhor manter distância se você vir uma delas na sua cidade!

E sabia que as capivaras são os maiores roedores do mundo? Confira mais curiosidades sobre elas!

Vida em comunidade
As capivaras são animais roedores: possuem grandes dentes na parte da frente da boca adaptados para roer. Elas costumam viver em grupos que possuem de 10 a 30 bichos.

Em alguns lugares, durante as estações secas, grupos de capivaras se unem onde existe mais comida e água, formando bandos com cerca de 100 animais. Há também outros casos, como o das capivaras que vivem na Amazônia: os grupos são menores e familiares, contando com um casal e os filhotes.  

Há registros de fósseis de capivaras que datam do período Mioceno, entre 7 milhões e 9 milhões de anos atrás, na região central Argentina. Os seres daquela época eram um pouco diferentes das capivaras de hoje em dia: eram gigantescos, pensando até 220 quilos

Um ajuda o outro
Capivaras vivem em associação com alguns pássaros: enquanto elas fornecem comida (insetos que vivem nos pelos esses animais), os pássaros retiram parasitas que se instalam nesses roedores. Mas as capivaras não são amigas de qualquer outra espécie. Na natureza, onças, cobras e até gaviões se alimentam desses roedores.

Atividade diária
O hábitos das capivaras são diurnos. Durante as primeiras horas do dia, o grupo descansa às margens de um lago ou rio. Quando o calor começa a incomodar, elas entram na água para regular a temperatura do corpo. Depois disso, vão atrás de comida até escurecer, quando chega a hora de descansar. As capivaras se reproduzem duas vezes por ano, quando têm de dois a seis filhotes.

Você sabia que a palavra capivara vem do tupi kapi’wara? A tradução para o português quer dizer comedor de capim. Esse animal também é conhecido como carpincho, no Rio Grande do Sul, beque, no Pará, e cupido, no Amazonas.

Ficha da capivara
Onde vive: por toda a América do Sul (menos no Chile), em áreas próximas a rios, lagos e pântanos
Comprimento: até 1,2 metro de comprimento e 60 centímetros de altura
Peso: até 91 quilos
O que come: é um animal herbívoro (se alimenta de vegetais)
Tempo de vida: na natureza, de 8 a 10 anos


Consultoria: Leandro Alcerito Antunes Roque (professor de Ciências e Biologia). 



09/08/2017 - 11:30

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui