Curiosidades

Ano novo pelo mundo

Como os países comemoram?

As festas da virada de ano, que acontecem do 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro são beeem diferentes em alguns locais do mundo. Dá só uma olhada! 

Din don
Terra dos vickings, a Escócia tem uma tradição que remete ao seu passado. Na cidade de Edimburgo, eles comemoram o Hogmanay (como é chamado a data lá) com queimas de fogos e procissão de tochas (alguns vão fantasiados de vickings)

Cenário inusitado
Um dos nossos vizinhos da América do Sul, a cidade de Talca, no Chile, as pessoas se reúnem num cemitério. Sabe para que? Para festejarem juntos aos parentes que já morreram. E você, teria coragem de encarar? 

Que chulé!
O ano novo no Camboja, na Ásia, é comemorado em abril. A festança dura três dias e as crianças, para demostrar respeito aos mais velhos e obter bênçãos, lavam os pés de seus pais e avós! Além disso, borrifam água uns nos rostos dos outros durante a manhã e nos pés, à noite. 

Ronc ronc
Símbolo de boa sorte e fartura na Alemanha, o porco é a estrela das comemorações de ano-novo: a carne dele está presente no banquete como um dos pratos e na decoração do ambiente, com porcos em miniatura feitos de massa doce! 

Pula fogueira
Os costumes diferentes seguem na Europa: na Holanda, em locais públicos, são acesas fogueira para queimar árvores de Natal! Na época do festejo, as temperaturas costumam ser muito baixas e algumas pessoas se organizam para dar mergulhos em lagos, canais e no Mar do Norte. E tudo isso passa na TV!

Que desenho é esse?
À meia-noite, na Áustria, as pessoas jogam chumbo derretido numa tigela com água. Eles acreditam que algumas figuras que se formam têm significados: a bola é sinal de boa sorte, uma âncora significa que a pessoas precisará de ajuda no ano seguinte e uma cruz pode revelar que vai morrer! Que medo!  

Taca tudo!
Na Dinamarca acontece um dos costumes beeem estranho: quando o relógio marca meia-noite, eles sobem e pulam das cadeiras para espantar os maus espíritos! E não para por ai: eles também costumam quebrar pratos na porta das casas dos amigos – o ato demonstra lealdade e, quanto mais caco em frente da residência, mais amigos o morador tem. 


26/03/2017 - 19:00

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui