Curiosidades

Aeroportos superdiferentes

Conheça alguns deles

Cuidado com a cabeça
Nome: Aeroporto Internacional Princess Juliana
Onde: Ilha de São Martinho, Antilhas (América Central)
Uma das pontas da pista fica muito perto da praia. Por isso, turistas esperam na areia só para observar os aviões, que passam a pouco mais de 20 metros (mais ou menos um prédio de sete andares). Venta tanto que você pode ser lançado para dentro da água – sem contar a areia que voa. 



Para tudo!
Nome: Aeroporto Internacional de Gibraltar 
Onde: Gibraltar, Península Ibérica
A pista fica no cruzamento com a avenida mais movimentada da região. Sempre que um avião vai decolar ou aterrissar, o tráfego tem que ser interrompido. 



Pilotos especiais
Nome: Aeroporto Courchevel
Onde: Courchevel, França
Esse aeroporto só recebe voos particulares na temporada de esqui. Aterrissar é tão difícil que os pilotos precisam de uma certificação especial: a pista tem curvas e é inclinada, além de ser curta – 525 metros (normalmente, são 1800 metros para aeronaves pequenas e 2400 metros para as grandes). 




Ponte para avião
Nome: Aeroporto Internacional da Madeira ou Aeroporto Funchal 
Onde: Santa Cruz, Arquipélago da Madeira (Portugal)
Cercado por mar e montanha, o aeroporto tem aterrissagem desafiadora! Primeiro, é preciso voar em direção às montanhas; depois, alinhar o avião com a pista – estendida de 1400 metros para 2700 metros em 2004, com uma ponte sobre o oceano.




De olho no peso
Nome: Wilkins Runway
Onde: Antártida
Aqui não há problema de espaço na pista, mas tanta neve exige cuidados: o avião não pode ser pesado demais a ponto de atolar. O primeiro voo por lá aconteceu em 2008, para levar cientistas. Até hoje, os aviões não têm permissão para carregar turistas.




Que medo!
Nome: Aeroporto de Kai Tak
Onde: Hong Kong, China
De tão perigoso, esse aeroporto foi fechado em 1998 - para aterrissar, passava-se por um espaço apertado, entre prédios e montanhas. A solução foi construir o aeroporto Chep Lak Kok numa ilhota: a vegetação do local foi devastada e os resíduos, jogados ao mar – assim, tornou-se uma ilha maior para receber o aeroporto. 



20/04/2017 - 19:00

Assine Recreio e receba todo mês na sua casa! Clique Aqui